O retorno à Tapará

Premiado em Cannes, projeto volta à Amazônia e doa mais livros com microcápsulas de repelente a crianças ribeirinhas

‘Guerreiros da Amazônia’ venceu duas categorias do festival em 2017 depois do lançamento do vídeo que contou a realidade das crianças ribeirinhas no Pará. Projeto entregou 1.200 livros na região do Tapará, em Santarém.

 

A imponência do rio Amazonas foi o caminho percorrido por um escritor aventureiro ajudando crianças e adolescentes nas comunidades ribeirinhas. Também foi o trajeto para que essa realidade fosse levada ao mundo, chegando até um dos principais festivais de publicidade do mundo, Cannes, realizado na França.

A história foi construída com a força de várias mãos para que todos desfrutassem dos benefícios, inclusive as crianças que participaram dos vídeos vencedores nas categorias saúde e bem estar e relações públicas, em 2017.

Após receber o prêmio, o Projeto “Guerreiros da Amazônia”, do escritor Ronaldo Barcelos voltou à região do Tapará, em Santarém, no oeste do Pará, para entregar mais kits de livros que reúnem inovação, tecnologia, educação, saúde e cultura em páginas com repelentes naturais encapsulados em nanotecnologia que garantem proteção com raio de até 1,5 metros contra mosquitos. Ao todo já foram distribuídos mais de 1.200 exemplares em nove escolas da região este ano. Desde o início do projeto foram doados mais de 10 mil livros às comunidades amazônicas.

Facebook Comments